HISTÓRIA FAVORITA DE CAETANO AUGUSTO

img047 - Cópia

O LAMENTO DO PRÍNCIPE SOLITÁRIO

Ana Lúcia não se cansava de ir à praça, em frente à igreja, para contemplar a imensa árvore que estava toda enfeitada à espera do Natal. Os olhos da jovem órfã brilhavam de admiração diante de tanta magia e beleza. Ninguém parecia notá-la. Certo dia, porém, ela foi alvo de risos, por parte das crianças, e de olhares austeros e reprovadores, por parte dos adultos, quando gritou na praça lotada de transeuntes: “Eu ouvi sinos, eu ouvi sinos tocando!” A partir desse dia, ninguém mais a viu. Diz a lenda que ela se tornou a princesa dos duendes, e vive até hoje na companhia de seu jovem e amado príncipe. Durante duzentos longos anos, os duendes tocaram os sinos perto das árvores de Natal, na esperança de que a princesa aparecesse. Mas nenhuma jovem parecia ouvi-los. Ana Lúcia, no entanto, era especial, e o seu coração amoroso e sensível pôde ouvir o lamento do príncipe solitário que os sininhos reverberavam.

b carimbo 1

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in HISTÓRIAS QUE CABEM NAS PALMAS DAS MÃOS. Bookmark the permalink.

Leave a Reply