A MINHA LONGA E ENIGMÁTICA ESTRADA

Nem sempre o caminho mais curto é o melhor.
Há caminhos e mais caminhos…
Um atalho poderia apressar a chegada,
Mas também poderia negar o prazer da caminhada.

A estrada mais longa, muitas vezes negligenciada,
Poderia conter o cenário capaz de prender
A atenção de nossa mente, viciada em pensamentos
Contraditórios e imediatistas que obstruem a marcha.

E esse cenário, repleto de surpresas
E prazeres inesperados, representaria
O processo de uma benéfica transformação,
E desafogaria a mente de suas banalidades.

Eu escrevo, e não ganho nada por isso.
Certo dia, pensei: “Vale a pena continuar?”
E uma voz interior me disse:

“O prazer que as histórias lhe dão
Não significa nada?!…
Apenas a remuneração por escrevê-las
É tudo o que você deseja?!…”
Eu senti o coração alçar voo
Quando respondi: “Não.”

E, naquele momento,
Não foi apenas o coração
Quem ganhou asas…

Eu também me vi sobrevoando
A minha longa e enigmática estrada.
Para onde ela me conduzirá, eu não sei.
Mas a intuição me diz que ela
É o único caminho a seguir.

b carimbo 1

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS. Bookmark the permalink.

Leave a Reply