QUESTIONAMENTO INSANO E PRODUTIVO

QUESTIONAMENTO INSANO E PRODUTIVO

Calar a voz da razão e deixar o coração se expressar…
Ouvir a voz do silêncio e silenciar as inquietudes prementes…
Acreditar nas evidências, ou passar a confiar na intuição?…
Aceitar o preestabelecido, ou abraçar novas possibilidades?…
Mergulhar a cabeça na amargura, ou respirar a paz da esperança?…
Sofrer como adulto, ou sorrir e brincar feito criança?…
Repousar nas aptidões antigas, ou se aventurar em um novo talento?…

Talvez o coração e a razão possam caminhar de mãos dadas…
O silêncio talvez faça ainda mais alarde do que as próprias inquietudes…
A intuição descortina possibilidades originais e inimagináveis…
As antigas crenças se dissolvem no calor do entusiasmo…
Por que preferir sufocar a respirar livremente?…
Por que sofrer deliberadamente?…
Desejo experimentar o sabor desconhecido da aventura.

Sisi Marques

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS. Bookmark the permalink.

2 Responses to QUESTIONAMENTO INSANO E PRODUTIVO

  1. Lucia says:

    Sisi,
    Desejo experimentar o sabor desconhecido da aventura. Nao sofrer deliberadamente e nem sufocar a respirar livremente! Lindo!!!

  2. Sisi Marques says:

    Lucia, obrigada pela visita.
    Este poema é novo. Eu estou pensando em continuar a publicar os poemas recentes no blog “Poemas e Histórias de Sisi Marques”.
    Os poemas que eu postar aqui, no “Respirar”, a partir deste, serão os poemas que eu já havia escrito antes de iniciar o blog. Obrigada por sempre me ouvir, amiga. Beijos

Leave a Reply