RELATO DO BANCO DA PRAÇA PROIBIDA (Parte I)

 RELATO DO BANCO DA PRAÇA PROIBIDA (Parte I)

2 anjo

Poucas pessoas tomarão conhecimento desta história e menos pessoas ainda acreditarão nela, porque o dom de ouvir o que os objetos contam é muito raro. Eu, Fabrício, possuo essa faculdade e, certo dia, a caminho do trabalho, eu estava atrasadíssimo e resolvi pegar um atalho para economizar alguns minutos. Atravessei a praça proibida. Foi assim que ela ficou conhecida após o desaparecimento de um garoto. Embora esse fato tivesse ocorrido muito antes de eu nascer, minha mãe falava sobre ele como se fosse recente e não permitia que eu brincasse na praça. Ela dizia que sua bisavó contava que um garoto praticamente morava no banco da praça. Era lá que ele dormia e era lá que ele se sentava para fazer suas refeições. Todos que por ali passavam zombavam do enorme chapéu, que ele usava na tentativa de esconder o topo de sua cabeça desproporcional. Não era apenas o chapéu que chamava a atenção dos transeuntes. Parte do chapéu era coberta por um capuz costurado à enorme capa, que ele usava para esconder sua corcunda volumosa. Ninguém o acolheu, ninguém o amparou… Numa manhã de domingo, encontraram apenas o chapéu e a velha capa com o capuz sobre o banco, que conhecia aquele garoto como ninguém.

C O N T I N U A . . .

Sisi Marques

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in HISTÓRIAS QUE CABEM NAS PALMAS DAS MÃOS. Bookmark the permalink.

One Response to RELATO DO BANCO DA PRAÇA PROIBIDA (Parte I)

  1. Lúcia says:

    Sisi,
    Já estou absorvida na leitura dessa história! Adorando…

    Querida parceira, parabéns pelos 8 meses do seu blog! Tenha certeza que suas histórias são encantadoras! Me delicio com cada leitura. Vc já é um sucesso!
    Eu que agradeço por vc ter aceitado participar do Blog! Acredite, fiquei muito feliz!
    Desejo toda a felicidade do mundo pra vc! E vamos contar muitas histórias!
    Bjs no seu coração

Leave a Reply