LÁGRIMAS DE AMOR (Capítulo III)

Na manhã do dia seguinte, Bartolomeu foi procurar Marco para dizer-lhe:

– Informei-me sobre o paradeiro de Tortulho, e é bem verdade que ele não tardará a chegar. Enquanto isso, ficarei montando guarda na entrada de seu Reino.

Embora Marco custasse a crer que aquele homem à sua frente pudesse acrescentar um único centímetro que fosse à sua estatura, preferiu calar-se a esse respeito e agradeceu simplesmente.

Bartolomeu, entretanto, apressou-se em dizer:

– Não deveria agradecer-me, porque minha ajuda poderá custar-lhe muito caro… Talvez, mais do que Vossa Majestade esteja disposto a pagar.

Marco, inadvertidamente, respondeu:

– Farei o que for preciso para ver o meu Reino fora do alcance de Tortulho. Diga-me quanto quer para livrar-nos desse monstro.

Sem conseguir esconder o constrangimento, Bartolomeu respondeu:

– A mim, Vossa Majestade não terá que entregar coisa alguma… Entretanto, deverá atender a um pedido da Fada Cesarina.

Marco, que nem por um momento poderia suspeitar qual seria a natureza do pedido, disse emocionado:

– Minha dívida para com vocês dois será eterna. É só dizer o que a bondosa Fada espera de mim, e tudo farei para não decepcioná-los.

Aproveitando-se da comoção de Marco, Bartolomeu perguntou:

– Isso é uma promessa?

Marco, inocente, respondeu:

– Sim.

Bartolomeu finalizou:

– Então, já que nos entendemos, partirei para cumprir a minha parte no acordo. No momento oportuno, Vossa Majestade cumprirá a sua.

Marco só retomou os seus afazeres depois que viu o vulto de Bartolomeu desaparecer na estrada.

FIM DO 3º CAPÍTULO DA HISTÓRIA “LÁGRIMAS DE AMOR”.
Sisi Marques
03/12/2013

NO PRÓXIMO SEGMENTO, NÃO PERCA A CONTINUAÇÃO DA HISTÓRIA “LÁGRIMAS DE AMOR”.
Grata,
Sisi Marques

Que os seus sonhos se realizem!

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in LÁGRIMAS DE AMOR. Bookmark the permalink.

One Response to LÁGRIMAS DE AMOR (Capítulo III)

  1. Lucia says:

    Sisi,
    A historia esta ficando tensa!! Rsrsrsrsr
    Sera que Marco cumprira o que for pedido por Bartolomeu?

    Peco desculpas pela falta de acentos e cedilhas. O computador insere quando ele quer!!

Leave a Reply