NECESSIDADE DE ORAR

Embora eu acredite em Deus,
A oração não faz parte
Da minha rotina.

Eu sei que sou guiada
Por uma voz interior.
Mas essa mesma voz,
Muitas vezes,
Perde a lucidez e
Se torna contraditória.

O sentimento é ambíguo,
Porque, no mesmo instante
Em que sinto a presença
Constante de Deus em mim,
Quando leio algo sobre Ele,
Em alguma mensagem,
É como se Ele fosse um
Ser distante e imaginário.

Mas, antes de iniciar este poema,
O meu coração foi tocado
Pelo desejo ardente
De pronunciar uma prece.

E as lágrimas confirmam
A minha necessidade
De orar neste momento.

Eu peço a Deus que não me falte
A lucidez, a brandura e o equilíbrio,
Para que eu saiba valorizar
O amor e a saúde.

E é como se Deus me dissesse:
“O amor vem em primeiro lugar.
Sem ele, não há saúde que resista.
A lucidez, a brandura e o equilíbrio
São frutos da evolução, e não apenas
Palavras vazias que a mente reproduz.”

Sisi Marques

About Sisi Marques

Adoro escrever e amo este blog. As histórias só florescem quando um coração generoso se abre para recebê-las. Quando não há alguém para ouvi-las, elas não desabrocham e morrem na terra do esquecimento. A sua audiência há de transformar este blog num imenso e perfumado jardim. Obrigada.
This entry was posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS. Bookmark the permalink.

Leave a Reply