Category Archives: POEMAS ESPIRITUALISTAS

Poemas de Sisi Marques

ADQUIRA O HÁBITO DE ESCREVER POEMAS

Nada do que eu digo tem a ver com você? Os versos que escrevo traduzem apenas As minhas próprias inquietações? Eu vasculho a minha alma Em busca de sentido. E, você, o que está buscando Quando se volta para O … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | 1 Comment

DESCONFORTO DE NÃO PERTENCER A ESTE MUNDO

Conhecer o mundo, Sem nunca ter visitado A própria alma… Ou mergulhar no universo Da imaginação e preferir A fantasia à realidade?!… Tentar alcançar, Com um só passo, A próxima estrela… Subir em uma nave E desejar conhecer Outros mundos… … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

IMAGINAÇÃO SINGELA E FECUNDA

Eu estou voando, E nada conseguirá Tolher as minhas asas. Mesmo que eu caia e morra, O meu espírito não se abalará Porque um novo corpo Será criado para abrigá-lo, E um novo par de asas Poderá alçá-lo ao céu … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

DELÍCIAS DA VIAGEM

Se você fechar os olhos E disser: “Eu acredito.”, As fadinhas da realização Voarão ao seu encontro E começarão a tecer Infinitas oportunidades. Se você fechar os olhos E disser: “Eu acredito.”, Luzes brilhantes e coloridas Preencherão a sua mente … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

UM MUNDO DE BONDADE E ALEGRIA

Como me assombro!… Como me atemorizo!… Por que insisto em interiorizar O que deveria permanecer Fora da minha pirâmide?!… Apenas eu sou assim, Ou existem mais pessoas Iguais a mim? Até neste exato momento Em que escrevo estes versos, Ouço … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

VIVO ADIANDO A FELICIDADE

Eu desejo o sucesso, Mas prevejo o fracasso. Eu desejo a alegria, Mas abraço a tristeza. Falo em eternidade, E me aborreço com Poucos minutos Intermináveis De espera… Falo em perdão, E acalento a mágoa, Que se transforma Em rancor … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | 1 Comment

ESTRADA DE PORTAS ABERTAS

De olhos abertos, eu só via dificuldades e tropeços. Fechei os olhos, por um momento, e percebi Que a estrada da prosperidade estava Toda enfeitada, com as portas abertas, Convidando-me a percorrê-la. Tive receio de abrir os olhos E perdê-la … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

LIMPEZA E PRESERVAÇÃO DE ENERGIA (IV)

Sentindo as mãos carregadas, A cabeça pesada e o coração oprimido, Procurei o planeta amigo, No céu da minha imaginação, Mas não consegui encontrá-lo. Olhei ao meu redor e pude contemplar A desordem que havia na minha pirâmide… Busquei serenidade … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

LIMPEZA E PRESERVAÇÃO DE ENERGIA (III)

Trocar a imagem das correntes, Que ligam as situações indesejáveis Ao corpo, ao coração e à mente, Pela imagem de um pequeno planeta, Que segue a órbita da minha pirâmide, Para que os seus habitantes consigam Realizar a triagem de … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment

LIMPEZA E PRESERVAÇÃO DE ENERGIA (II)

Você se lembra do planeta Que a minha imaginação Criou no poema anterior? Ele ainda existe, e está lá, Procurando auxiliar-me a Reencontrar o equilíbrio. Os seus prestimosos habitantes Construíram, ao meu redor, Uma pirâmide invisível. Ela funciona como um … Continue reading

Posted in POEMAS ESPIRITUALISTAS | Leave a comment