Category Archives: O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA

Continue acompanhando a história. Grata, Sisi Marques

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 7)

Na manhã do dia seguinte, quando Luísa foi visitar o príncipe para levar-lhe alimento, disse: – Se houver mais alguma coisa que eu possa fazer, é só pedir. O príncipe, embalado pelo tom da voz de Luísa, encorajou-se a dizer: … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 6)

Antes do anoitecer, Luísa voltou ao salão para levar água e comida para o príncipe. Ele estava dormindo profundamente. Contemplando seu rosto adormecido, ela se arrependeu, mais uma vez, de ter jogado a chave no fosso. Ao reencontrar-se com a … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 5)

Ainda atordoada com o inesperado rumo que os acontecimentos haviam tomado, Luísa, para evitar ficar sozinha em seu quarto, pediu a Leôncio que a levasse para conhecer o castelo, incluindo o quarto do príncipe. Lá chegando, ela ficou surpresa ao … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 4)

De volta ao salão onde a gaiola fora construída, Luísa olhava para Leôncio como a pedir-lhe ajuda. O ciúme de Gervásio, entretanto, encarregava-se de acrescentar amor àquele olhar. Sentindo-se imensamente abatido, o príncipe entregou duas chaves a Luísa, enquanto dizia: … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 3)

Na manhã seguinte, minutos antes da cerimônia, Luísa procurou o príncipe para dizer: – Se Vossa Alteza espera mesmo que eu faça deste castelo o meu lar, exijo que Arlete vá embora imediatamente. Procurando esconder a surpresa que as palavras … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 2)

Dias depois, quando Arlete chegou ao castelo, ficou surpresa e, ao mesmo tempo, apreensiva ao contemplar a reluzente gaiola quase terminada. Ela não se encorajava a perguntar ao príncipe com que finalidade a mandara construir. Luísa, por sua vez, tornara-se … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 1)

O azul profundo dos olhos de Luísa tornava-se raso de pranto ao contemplar o habitante solitário das águas lodosas do fosso… Luísa odiava aquele jacaré de apetite insaciável; aliás, ela odiava toda a paisagem que cercava aquele castelo… Odiava até … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment