Category Archives: O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA

Continue acompanhando a história. Grata, Sisi Marques

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 17)

Sem poder imaginar que Luciano descobrira o seu paradeiro e fora buscar ajuda, Luísa chorava… Não sabia o que fazer… Leôncio, impaciente, esmurrava a porta e começava a ofendê-la. Por fim, ele lançou a ameaça: – Sei que está aí, … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 16)

Quando Leôncio voltava ao seu quarto, surpreendeu-se ao ver Luciano vagando pelo corredor. Cauteloso, pôs-se a segui-lo a uma distância segura. Perguntava-se o que ele estaria fazendo, por que não fora comunicar ao príncipe o desaparecimento de Luísa. Leôncio estava … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 15)

Enquanto os guardas vasculhavam a mata para encontrar Luísa, Leôncio foi procurar o príncipe. Disse-lhe: – Vim saber se está feliz com a notícia. Olhando-o com altivez, o príncipe retorquiu: – Se me disser exatamente o que aconteceu, talvez eu … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 14)

Deitada em seu quarto, Luísa ainda sonhava acordada. Recordava o contato macio dos lábios de Gervásio: ela fechava os olhos, e era como se tornasse a beijá-lo. Depois, lembrava-se da ternura e do amor que havia em seu olhar. Contudo, … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 13)

Cerca de uma hora depois de Leôncio haver saído, Luísa entrava no salão. Luciano retirou-se discretamente. O príncipe Gervásio disse: – Por favor, sente-se. Temos muito que conversar. Luísa sentou-se calada e assim permaneceu, com o olhar colado ao chão, … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 12)

Embora surpreso com a visita de Leôncio, o príncipe Gervásio evitou qualquer comentário. Leôncio, seguindo o seu exemplo, limitou-se a cumprimentá-lo. Ambos procuravam ignorar o clima de hostilidade e desconfiança que pairava no ar. Luciano não deixou a sala e … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 11)

Luísa deixou o quarto com o coração descompassado. Sentia-se naufragar num mar de mentiras; mentiras que não serviam para nada, nem mesmo para sustentá-la. Ao chegar à porta do salão, ela bateu para que Luciano a abrisse. Aproximando-se da gaiola, … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 10)

Luísa queria mostrar-se forte, mas o sofrimento, pouco a pouco, vencia sua resistência. Ela amava Gervásio, mas não tinha coragem de confessar isso nem a si mesma. Mergulhava os olhos no fosso, como se fossem anzóis capazes de reaver a … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 9)

Na manhã seguinte, Luísa foi visitar o príncipe para dizer: – Tenho boas notícias: Luciano passará a cuidar de você. Assim, você poderá pedir-lhe tudo o que desejar: o quadro, a harpa, seus livros, roupas limpas, água para o banho… … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment

O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA (Parte 8)

Minutos depois, Leôncio entrava no quarto de Luísa para perguntar-lhe: – Ele assinou os documentos?… Evitando olhar em seus olhos, ela respondeu: – Não. Cansei de dizer que ele estava apenas nos testando. – E onde estão os papéis? – … Continue reading

Posted in O PRÍNCIPE GERVÁSIO E A GAIOLA DOURADA | Leave a comment